Resident Evil Village: Sony não pagou para ter prioridade de desempenho em seus consoles



A Sony havia entrado em uma nova polemica já que que por motivos de interpretação de um contrato que vazou na internet da companhia com a desenvolvedora de Resident Evil Village, a Capcom. O erro aconteceu em uma clausula do contrato de marketing da Sony para Resident Evil Village menciona que “cada versão do jogo disponível nas plataformas PlayStation [deve] manter o conteúdo; recursos e paridade técnica (sujeito a quaisquer limitações materiais da plataforma) com qualquer versão equivalente do jogo ou DLC lançado em qualquer outra plataforma competitiva ou plataforma PC/móvel”.


O erro de interpretação desta parte do contrato rapidamente se espalhou na redes sociais e fóruns. E infelizmente publicamos a noticia, mas como se tratava de apenas um rumor no artigo abordamos apenas a hipótese da interpretação ser legitima mas nunca afirmamos da mesma ser verídica. Pedimos desculpas aos nossos leitores, já que infelizmente acabamos por contribuir sem querer com discursões desnecessárias sobre um tema tão complexo. Desde já esclarecemos que, como um fã site temos a obrigação de informa-los e as vezes nos   arriscar com noticiais desde tipo.


Fonte: PushSquare

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem